quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Sentidos trocados

Fogo no gelo,
cores confusas
já não ouço as cores
já não vejo os sons
Não sinto a quietude dos ventos
mas degusto pensamentos palpáveis
Meus sentidos sentem-se confusos e 
perdem-se no convencional, há um grito mudo e
um silêncio que incomoda, permanece...
e... espera...


Sem comentários: