quinta-feira, 2 de junho de 2011

O que pedi...relato do "meu" dia


No meu dia tive tudo o que pedi…sol, praia, areia, mar e meus amores….Passei um dia lindíssimo com a família (incluindo os 3 de 4 patas). Passamos o dia na praia a brincar e já não me lembro quando é que no dia do meu aniversário senti-me tão feliz…depois à noite meu marido resolveu me presentear com um momento romântico…

... ele me preparou um banho de imersão, criou aquele clima com velas e música ambiente...

adorei e entrei no clima...

...vou tirando a roupa lentamente para ele apreciar o corpinho de sereia e vou entrando na banheira. Deitamo-nos na água deliciando um champanhe e chocolates trocando carícias lentamente e consumindo o desejo que nos avassala o corpo. Com o corpo cheio de espuma ele carrega-me para o quarto e deposita-me na cama onde fazemos amor até esgotar as energias (versão recém-casados e sem filhos…)

A verdadeira versão (recém-casados e com 2 filhos menores é….ele prepara-me o banho, cria o clima, despacha as crianças (…a maior fica com a babá e o mais pequenino, a dormir, num berço perto de nós). Dispo-me rapidamente e entro na banheira (antes que o pequenito acorde). Ele mete-se também rapidamente e ahhhhh damos um suspiro de cansaço, o dia foi gratificante mas o corpo está todo moído e o banho está-nos a saber muito bem….3 minutos depois e ouvimos o berro da menina que não quer comer e está a fazer a maior birra…vai passar pensamos os dois, a babá dá conta da situação…mais 2 minutos e nada….mais berros e o pequenito resolve ser solidário com a irmã e desata aos berros também…resultado…pai fora da banheira, mãe fora da banheira a tomar um duche rápido, raspanete na mais velha e colinho para o mais novo… depois trocando olhares caímos na gargalhada…eles tinham colaborado durante o dia e quando pensamos que teríamos a noite para nós eles reclamaram, pois queriam também fazer parte…é a vida...faz parte...

2 comentários:

Nude disse...

ahahahahahaha... ainda assim o teu dia, se percebi bem, foi maravilhoso. Isso é que importa. É que eles não param de nos pregar partidas dessas. O meu com quase 7 anos ainda vai de madrugada ao meu quarto e se dou espaço ele lá se mete entre os lençóis. O que vale é que estabeleci uma regra de ouro a não ser quebrada, bater sempre à porta, assim várias vezes sou acordada com aquele, "mãe, posso entrar???". Eles chegam para nos preencherem a vida, literalmente. hahahahah

Kumas disse...

ahahahahah adorei as duas versões. Talvez, talvez no ano que vem possas ter a direito à 1a versao. Os 2 pequenotes já estarão maiores ;) Beijokas