segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

2011

Como sempre, inevitavelmente faz-se um balanço do ano que passou. De todas as formas é um ciclo que se fecha...

Em 2010 tinha elegido a palavra organização e penso que cumpri minimamente.

Em 2010 não tive muitas surpresas, não senti que tenha vivido intensamente. O lado mais compensatório foi ver a minha filhota a crescer a olhos vistos a tornar-se autónoma, mandona e a testar meus limites. Fui um pouco esquiva, não sei se me isolei ou apenas preferi estar rodeada por pessoas que me fazem bem e durante o tempo necessário. Curti mais a minha casa e podia ter curtido mais e melhor o meu marido…ao contrário da gravidez anterior esta deu-me para afasta-lo um pouco de mim.

A nível profissional foi mais um ano de espera, por inércia minha ou do próprio ciclo da empresa onde trabalho ? (sinceramente não sei...), a minha percepção é que não aprendi nada de espectacular e portanto não cresci o que para mim é terrível.

Terminei o ano com a “Maria” que baixou em mim…e já começo a desconfiar que é algo que ultrapassa a síndrome de ninho que afecta as grávidas (no ano passado aconteceu a mesma coisa e não estava grávida).

Para o ano de 2011 escolhi a palavra felicidade…talvez seja incongruente dizer que vou fazer um esforço para ser feliz…mas a verdade é que vou faze-lo. Vou tentar valorizar o que tenho, não continuar a ser tão “burro descontente” sempre à procura de alguma coisa, reclamar sempre mas com o intuito de melhorar. Acredito que tenho tudo para ser feliz…só falta eu trabalhar para isso e é isto que pretendo fazer neste 2011….trabalhar para ser FELIZ.

Desejo a todos os que passam por este cantinho um feliz 2011.

Sem comentários: