sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

À flor da pele

(...)
Ando tão à flor da pele
Meu desejo se confunde
Com a vontade de não ser
Ando tão à flor da pele
Que a minha pele
Tem o fogo
Do juízo final...

(Zeca Baleiro)

Sem comentários: