sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Eutanásia

Essa recebi por e-mail (gentileza da Vânia que alegrou essa minha manhã)

"Ontem, eu e minha mulher estávamos sentados na sala, a falar das muitas coisas da vida.

Estávamos a falar de viver e morrer.

Então eu disse-lhe:

Nunca me deixes viver num estado vegetativo, dependendo de uma máquina
e de líquidos. Se me vires nesse estado, desliga tudo o que me mantém vivo, ok?

Vocês acreditam que a filha da p&%$#.. se levantou, desligou a televisão
e deitou fora a cerveja que eu estava a beber?"

Sem comentários: