quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

2009-2010


2009:

Que posso dizer de 2009?!

Fui mãe;

Chorei;

Ri;

Amei;

Sofri;

Senti;

A palavra mote para 2009 foi "paciência" e posso dizer que não tive tanto quanto gostaria de ter, mas confesso que tive mais do que estava a espera...

Foi um ano especial em termos pessoais, a experiência de ser mãe tem sido algo maravilhoso (ya, ya, em tempos não quis ser mãe....mas como dizia: é como um cego que nunca viu o por-do-sol e por isso nunca há de alcançar a beleza por mais que descrevam a maravilha que é) é claro com os seus momentos menos bons (fartei-me de reclamar aqui) mas experimentei o amor incondicional que tanto almejei...


Em termos profissionais foi um ano F*d@... mas como disse alguém... a mudança só depende de mim...


2010

Para 2010...a palavra escolhida é... (tcharammm) ORGANIZAÇÃO....

Meus desejos:

Ter a familia toda feliz e com saúde;

Ser o meu agente de mudança;

Aprender a ser mais feliz com o que tenho;


Que o ano que já espreita seja, para todos os que por aqui passam, um ano repleto de realizações.

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Foi-se...

...o Natal...correu melhor do que esperava. Por ter sido o primeiro natal da minha pimpolha, foi tomada a decisão que seria passado aqui na Praia, na casa dela. E assim foi...rodeada pela família e de muito amor e muitos pratos para lavar....e muitos doces (só de falar que fico arrepiada) e muito perú, e o não saber o que fazer com tanta comida.
Eu...bem andei um pouco entre Dona de Casa desesperada e Dona de casa "desimportada", com pequenos laivos de loucura e ataques de fúrias imaginárias aos lentos dos "embrulhadores" de presentes.
Recebi mais presentes que estava a espera (alías não estava a espera de nenhum), e a minha pimpolha recebeu aos montes e era ver a diversão em abrir os presentes (não ela...mas o pai).
Foi-se o natal...e ficou a certeza que a parte que gosto no natal é a parte onde a família se reúne à volta da mesa e partilham-se momentos de alegria e de amor... Se ao menos as pessoas parassem para pensar que uma simples flor ou um simples cartão com votos de Feliz Natal é o suficiente para se saber que morámos no coração dessa pessoa e que ela não nos esqueceu, o natal seria muito melhor...e deixaria de ser tão comercial...porque o que estamos a passar para os nossos filhos é que natal é sinónimo de muitos presentes (caros, nada de produtos chineses!!), sinónimo de ter tudo o que pedimos, sinónimo de um consumismo desenfreado. Tenho saudades da árvore de natal recheada de cartões postais da famíla espalhada pelos 4 cantos do mundo...

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Merry C...Happy New ...

Talvez seja do meu estado...talvez seja do tempo, talvez seja real....mas vejo o futuro meio sombrio.

há tempos assim...

Tenho escrito sim...mas na minha cabeça. Tenho passado por algumas situações que imediatamente faço o registo no blog/cabeça, mas confesso que não passa para esta página...quando chegou perto dá-me o bloqueio, sinto como se escrevesse não conseguiria ser fiel aos pensamentos e que acabaria por ser algo...estúpido... Até tenho evitado abrir o Retalhos...e não sei bem o porquê...talvez um certo desencanto, um certo desânimo pelo ambiente que me rodeia. Estou numa que não aguento falar de política (quando penso nisso dá-me apertos no peito e uma sensação de desconforto), vivo esta época natalícia que nem um alien e uma folha cujo o vento vai empurrando de um lado para o outro...mas sem sentimento. Talvez esteja num descontentamento contente porque na verdade está tudo bem com a minha vida e ao mesmo tempo sinto que algo não me deixa estar / sentir em sintonia...há tempos assim...

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

ASA Vs TACV - Coisas que me tiram do sério

Isto, é uma delas! O Baluka acha que quem tem culpa disso é a ASA?!?!?
Que afinal foi birra o PCA da ASA ter deixado os TACV sem voar??!?!?! Que o PCA foi arrogante?!?!
A acreditar nas afirmações do PCA da ASA, quem andou com birras foi a TACV!! Então depois de tantos avisos, ela não dá cavaco (porque nem a ASA pedia o pagamento, pelo menos um plano!!) e mais depois do último prazo todos os administradores vão para fora e ainda é birra da ASA?!?!?!
Meus senhores, podem ser todas empresas estatais, mas quanto a mim, o PCA da ASA teve uma postura que compete a qualquer gestor: Gerir uma empresa que implica gestão dos seus recursos... há dívidas, arranja-se forma de os cobrar, pressiona-se, se o cliente não paga há que encontrar meios para sanar as dívidas, o diálogo não chega? corta-se o crédito, (neste caso as asas ao cliente caloteiro) quem teve postura pouco profissional foi a TACV, postura essa que a maioria de nós já experimentou e que já nos proporcinou vários momentos de "desprazer de voar"!!! É com pensamentos iguais a esses que as empresas estatais, num gesto de "nacional porreirismo" vão para o brejo e nós contribuintes ficamos a sustentar esta máquina ineficiente que é o Estado!
Façam-me o favor!!! E nem me venham com o blá, blá, blá wiskas saquetas...dizendo que ficando o avião na pista custou-nos mais uns milhares de contos que eu vos digo...o que nos custa é manter esta empresa da forma como está!!!!!
SmileyPffff

Eutanásia

Essa recebi por e-mail (gentileza da Vânia que alegrou essa minha manhã)

"Ontem, eu e minha mulher estávamos sentados na sala, a falar das muitas coisas da vida.

Estávamos a falar de viver e morrer.

Então eu disse-lhe:

Nunca me deixes viver num estado vegetativo, dependendo de uma máquina
e de líquidos. Se me vires nesse estado, desliga tudo o que me mantém vivo, ok?

Vocês acreditam que a filha da p&%$#.. se levantou, desligou a televisão
e deitou fora a cerveja que eu estava a beber?"

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

3 dentinhos...e 3 passitos


Assim..sem mais sim, sem mais não...aos 10 meses descubro que minha filhota está com 3 dentes... (vá..podem chamar-me de distraída...sou é inexperiente). Ela até agora não tinha nenhum....de repente aparecem 3!! E eu que estava a espera que os inferiores nascessem primeiro, heis que nasce um no maxilar superior...claro está que não dei por isso, até porque ela detesta que se lhe mexa no rosto, e portanto meter-lhe dedo dentro da boca é preciso preparar para uma batalha. Como nem sempre estou para isso, fui deixando até que ela numa careta deixa aparecer algo branquinho...o 1º dentuço já canta... Daí, toca a meter o dedo na boquinha dela, ver mais um número de contorcionismo por parte da pequena e pronto...lá dei com a assanhadeza dos dois inferiores.
Para além dos dentes, ontem à noite ela brinda aos papás babados com várias séries de 3 passinhos e uma bunda no chão...3 passinhos, bunda no chão (agora percebo que as fraldas de agora servem, também, de amortecedor...o que eu devo ter sofrido por ser da época de fraldas de pano...) e os papás a babarem, a filmar, a contar a novidade para todo o mundo (meio mundo.... agora sim, com este post é que fica TODO o mundo). A maioria disse "Ahá...agora que chegaram os problemas"; "Agora que é...vais começar a "correr" atrás dela"; " ah pois...agora começa a parte de estragos"....pois é..mas também, ainda bem que ela, antes de andar, já conhece o significado das palavras "não" e "tatau"...e acho que chegou a hora de tirar a trela da mala!
Agora, dêem licença..vou a voar para casa para poder babar mais um pouco, até porque o teclado do meu pc está numa lástima!