sexta-feira, 21 de agosto de 2009

A vida é....

Uma sucessão de surpresas...

Tenho viajado com alguma frequência para a minha ilha e em cada viagem tenho tido uma surpresa... a última foi ter entrado num taxi com a minha mãe e termos reconhecido um motorista que levava-me à minha avó quando tinha eu 5 ou 6 anos...sabem quanto custava a viagem? 15 escudos (essa parte não me lembrava). Fiquei a pensar que hoje não me atreveria a meter minha filha, sozinha, num taxi...é que ocorre-me logo a história do chapéuzinho vermelho...os lobos andam famintos e lenhadores já existem poucos...

4 comentários:

Mariana disse...

Há muito que não vinha aqui. Tinha saudades te ler ;) Nem cheguei a dar os parabéns pela nina. Ou cheguei? Olha parabéns! Já deve estar uma mulherzinha, assim como o meu ainda ontem saltou cá para fora e já ano-e-meio.

Beijinhos da Diáspora!

Mariana disse...

Agora vou actualizar-me... tenho muito para ler!

Eu também não me imagino meter o meu filho em taxi algum... aliás não me imagino metê-lo em sítio algum com pessoas estranhas ;)

MS-Mnininha Soncente disse...

Oi Mariana. Tenho passado no teu blog mas não tenho visto novidades? que aconteceu? retiro de artista?...ehehehh. Acho que já me tinhas dado parabéns pela pequenina que por acaso hoje faz 7 meses..o tempo vooooaaaaaaa

Waldim Sila disse...

15 escudos, a vida é mesmo incrível, gostaria de estar naquele tempo, ou melhor seria se os taxistas cumprissem com as tarifas das câmaras municipais.
Acreditam que apanhei um taxi para fazer u trajecto que a princípio custava 250$, mas no final das contas ele teve o desplante de me cobrar o dobro disso e ainda foi cínico o suficiente para passar-me uma factura dizendo:"Estão aí os 400$ bem desenhadinos" Por amor de Deus nem, pensou que eu fosse estrangeiro ou milionário? e isso não foi a primeira vez que isso acontece e não é somente comigo. Mas o caso já está nas mãos de quem é de direiro e quem sabe assim, os taxistas mindelenses deixam de certos abusos.