segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Dádada....

A minha filhota já balbuciou a sua 1ª palavra: ""! e fica "dádadada" Ainda não percebi se pretende "dar "alguma coisa...se está a pedir ou se esta a declarar que, não parece que é...mas que realmente, é uma "Dada!" Estou dividida entre a 2ª e a 3ª opção, porque:
  1. nesta conjuntura, e se ela entende minimamente o que a mãe pragueja quando vê/lê as notícias, é mais Pedir do que dar... Está a seguir o exemplo do nosso governo cuja política é do"Venha a nós...." Se for isso, oh minha filha...continua a pedir...alguma coisa há-de cair!
  2. Bem...ela é tão simpática, tão simpática, que vai para o colo de qualquer um e ainda brinda o seu "portador" com um sorriso de desmachar qualquer contribuinte furioso que acaba de saber o imposto que tem de pagar. Como uma colega minha disse, é capaz de a raptarem e ela ir a sorrir.

Prometo debruçar sobre o assunto e chegar à uma conclusão. Até lá vou-me divertindo com as descobertas... porque o resto...

Sem comentários: