segunda-feira, 29 de junho de 2009

Ouvindo...


Quiet nights...para ver se meus dias ficam mais calminhos e relaxados....

Oferta de um amigo que partilha comigo os gostos pela música e pelos vinhos...é bom ter amigos assim ;)

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Estou perto de ficar assim....


Clique na imagem para melhor visualização (ainda tenho de escrever isso?!? Estou sem tempo para essas coisas pá!)

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Sexta-feira e sinto-me....


Estafada!!!

Conversa de mulheres...

Numa loja no Fogo, tento comprar um biquini...
Eu: Não tem uns com o sutien maior?
Atendedora: Só temos esses. Pode é comprar um nº maior para a parte de baixo...mas o problema é que a srª tem o corpo estreito mas umas mamas grandes...
Como não respondi...ela segue com esta: "Gostaria de ser assim...magra com mamas grandes"
Eu (meio distraída a tentar descobrir um que me sirva): Não são minhas...
Atendedora: Silicone?!?!
Eu (a rir por dentro que nem uma perdida): Não..são da minha filha...estão grandes porque estão cheias de leite...
Mulheres!!!...nunca estamos satisfeitas com o que temos...e não me venham dizer que "ah, pois e tal... eu gosto de mim como sou e, blá blá blá,..para depois pensarem...bem se tivesse um nariz mais arrebitado ou se não tivesse estes pneuzitos..."

quarta-feira, 10 de junho de 2009

Que cor és tu?...

Sou ....
YELLOW

You are very perceptive and smart. You are clear and to the point and have a great sense of humor. You are always learning and searching for understanding.

Find out your color at QuizMeme.com!


e tu que cor és? Descubra aqui!

terça-feira, 9 de junho de 2009

A minha vida....


anda tão previsível, numa rotina tão ... tão...(vá ...rotineira) e isso não me tem feito nada bem...cada dia que passa sinto que uma parte de mim não viveu, apenas assistiu, numa janela, a vida a passar lá fora.

segunda-feira, 8 de junho de 2009

Comecei o dia assim...

ouvindo "Liberian Girl" por sugestão de um anónimo...e não é que meu dia melhorou consideravelmente?

domingo, 7 de junho de 2009

Pensamento do dia...

Às vezes você chora e ninguém vê as suas lágrimas...
Às vezes você se entristece e ninguém percebe o seu abatimento.. .
Às vezes você sorri e ninguém repara na beleza do seu sorriso...
Agora...PEIDA. .pra ver....

Tão lindo!!

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Porque devemos ter cuidado ao explicar as coisas aos miúdos

Uma criança está dentro do carro do seu pai, quando avista duas prostitutas na rua...- Pai, quem são aquelas senhoras?
O pai, meio embaraçado, responde:
- Não interessa, filho... Olha, antes, para esta loja... Já viste os brinquedos, tão lindos?
- Sim, sim, já vi. Mas... quem são as senhoras e o que fazem ali paradas?
- São... são... São senhoras que vendem na rua.
- Ah, sim?! Mas, vendem o quê?
Pergunta, admirado, o garoto.
- Vendem... vendem... Sei lá... vendem um pouco de prazer!
O garoto começa a reflectir sobre o que o pai lhe disse, e, quando chega a casa, abre a sua carteira com a intenção de ir comprar um pouco de prazer. Está com sorte! Pode comprar 25 Euros de prazer! No dia seguinte, vai ver uma prostituta e pergunta-lhe:
- Desculpe, minha senhora, mas pode-me vender 25 Euros de prazer, por favor?A mulher fica admirada, e, por momentos, não sabe o que dizer, como a vida está difícil, ela aceita, leva o garoto para sua casa e prepara-lhe seis tortas de morango. Já era tarde, quando o garoto chegou a casa. O pai, preocupado pela demora do filho, pergunta-lhe onde ele tinha estado. O garoto olha para o pai e
diz:- Fui ver as senhoras que nós vimos ontem, para comprar um pouco de prazer!
O pai fica amarelo!
- E... e então... como é que se passou?
- Bom, com as quatro primeiras não tive dificuldade. Com a quinta levei quase uma hora, tive que empurrar com o dedo, mas comi-a, mesmo assim. Com a sexta foi com muito sacrifício! No fim, estava todo lambuzado...Até derramei creme, por todo o chão, mas fui convidado a voltar amanhã...Posso ir?
O pai caiu de costas...

marketing no mundo feminino

aqui tinha dito que a vida das mulheres é puro marketing …
De pequeninas, à conta do marketing, ficamos à espera de um príncipe, lindo, só nosso que nos enche de alegria e…de filhos… e de vivermos felizes para sempre.
Depois vem o casamento…vestido branco, igreja, o príncipe no altar…é o slogan :“momento mais feliz na vida de uma mulher”.
Vem a maternidade (às vezes antes do casamento)….o parto…é tudo também “o momento mais feliz da vida de uma mulher” (já vamos no segundo não é?).
E depois esbarramo-nos naquelas mulheres propagandas que fazem parecer simples ser mãe, dona de casa, amante, esposa e profissional.
Resultado: quando estamos a viver a vida real muitas vezes sentimo-nos umas fracas, umas incompetentes por não conseguirmos atingir o standard fixado pelo marketing.
Tenho amigos que me dizem ser muito radical quando apresento os factos reais…mas sinto que devo lutar contra o institucionalizado e fazer com que as mulheres assumam suas fraquezas…porque isto não é ser fraca...é ser corajosa, é ser real!!!
Não há príncipes encantados…deparamo-nos com vários sapos…há que ter a sorte de encontrar um que não salte muito e nem seja muito “inflamado”. Nosso? Não há sapos nossos…nossos são apenas os momentos vividos no lago.
O casamento não é sempre uma maravilha…afinal são duas vidas que se juntam para formar uma nova. 1+1 não é igual a dois, nem a 1. Não se soma nem se subtrai…constrói-se uma nova vida e como tal há conflitos, há mágoas…cabe saber resolver e não desistir na primeira.
Filhos?!?!Custam…a dor do parto é A DOR, não se enganem com a cara de felicidade que nos brindam nos filmes e novelas que a mulher enquanto está com as contracções sorri (não minhas caras…vão vos passar mil coisas pela cabeça e sorrir é depois da última). E, minutinhos depois do parto, é ver a cara de quem já está pronta para correr uma maratona…aqui também não é bem assim…o teu corpo foi colocado à maior prova de esforço…e nem falo da depressão pós-parto…frescura de mulher segundo alguns…
E depois…depois…deixamos de ter tempo para nós, abdicamos de imensas coisas (carreira, viagens, concertos, aventuras…) vivemos em função dos filhos…
Muitas mulheres passam pior quando não tem ao seu lado alguém que a ajude…muitas tem aqueles homens pré-históricos que apenas lhes interessam casa arrumada, roupa limpa, comida na mesa e na cama e ainda brindam-nas com comentários do tipo “Antes não eras assim, cuidavas melhor da tua pessoa”. Mas nisso vale a lição de uma piada: é, nem que seja por um dia, deixar de fazer tudo e tirar este dia para viver como se não fosse casada e com filhos…para verem como custa.
E depois….bem…depois os filhos, um dia, como nós, saem de casa e vão viver as vidas deles porque os filhos não são nossos…são da vida como já disse alguém.

É claro que é bom acordar ao lado de quem amamos e nos ama, é claro que derretemo-nos quando ó bebé no dá aquele sorriso, é claro que é bom ter aquele pedacinho de nós nos braços, (isso já conhecem através do marketing) mas o saldo nem sempre é tão positivo como fazem crer...o saldo vai depender muito de nós...das expectativas criadas, das realizações (nossas e da família), da nossa capacidade de adaptação.

Só espero chegar um dia e, se resolver fazer a contabilidade, possa dizer que o saldo foi positivo. Até lá...vou fazendo minha caminhada, rindo, chorando, desregrada, despenteada, descontrolada, descuidada, simpática, antipática, tudo isso e muito mais quando assim me apetecer...não devo nada a nínguém!

Clap, Clap, Clap

Palmas para a CMP que tem estado a fazer um esforço titânico para que Praia seja uma capital limpa e bonita. As rotundas da praínha estão com óptima cara com jardins muito bonitos. Quanto à limpeza, é pena que não consigam limpar as mentalidades que andam por aí...é que o pessoal limpa num dia e no mesmo dia os "animais " (desculpem lá cães, vacas e companhia limitada)sujam...claro não lhes custou limpar...por isso que digo…é preciso educação cívica!! Sem isso a CMP, se não tiver bom fôlego, acabará por desistir de lutar contra a porcaria.