segunda-feira, 9 de junho de 2008

...Praia

Regresso e o que tenho como boas vindas...uma taxa (?) de 7$ por litro de combustível...(para além do imposto de circulação) declarações menos sensatas de alguns políticos, teimosia de outros, jornais que são tudo menos jornal e muito menos isentos (se é que temos algum isento)...enfim.
Sobre a dita taxa já se falou muito, já se esperneou e eu só tenho duas coisas a dizer ao meu Primeiro Ministro, em jeito de resposta à pergunta dele "Como é que vamos construir estradas sem termos financiamento?"
1-Não faça!!!! Cuida dos que já temos primeiro...Como?!?!
  • Dê melhor destino aos impostos absurdos que pagamos (Até agora tenho atravessado na garganta o IUR que as Finanças disseram que tenho de pagar. F#$%#$%, metade do tempo que trabalho é destinado aos parasitas do sector público!!!!) e torna a máquina estatal mais funcional!!! Como disse alguém temos impostos do 1º Mundo e serviços do 3º!!!!

  • Ponha a fiscalização com o rabo na rua e faça cumprir a Lei que vocês adoram arrotar nos poucos momentos "sérios" dentro da Assembleia!! Com certeza que aqui vocês terão alguns tostões!!

  • Cumpram com os orçamentos e não façam orçamentos despesistas e com receitas virtuais

  • Dêem o exemplo e parem de gastar à toa o rico dinheirinho suado dos contribuintes com viagens/visitinhas aonde só faltam levar os cães e a passarada toda, e fins-de-semana com os carros do estado (chapas amarelas é o que não falta nas horas fora de expediente e agora com o preço do combustível nas alturas olha a poupança...)
2- No caso de querer construir a Via rápida para o Tarrafal....Queres que todo os contribuintes de CV paguem essa via rápida !?! ORA TENHA Dó!!!! Se queres dar teu "Best" com uma via rápida...vai à esquina e vê se consegues financiamento...depois coloca portagem: quem quiser usar...paga!!! e use este conceito para as outras vias rápidas...para quê tentar inventar a roda se ela foi inventada faz tempo?!??!?


Peço desculpa pelo desabafo e pela linguagem...mas num momento em que falam de crise alimentar, crise energética, eu tenho um PM que está preocupado com construções de novas e melhores estradas para os animais dos motoristas "profissionais" ceifarem mais vidas. E, continuando, no meio desta crise toda, num jeito muito caridoso para com os cabo-verdianos e amenizando o esforço dos contribuintes , o meu querido PM "casca" uma taxa rodoviária. Não sei quem teve esta "brilhante" ideia...Só espero que a oposição não deixe isso cair no esquecimento e que nós cidadãos façamos alguma coisa.

4 comentários:

MM disse...

Pensei não comentar mas cá fica: a empregabilidade não depende da mobilidade? Toda a teoria europeia sobre essa matéria de mobilidade (circulação de bens e pessoas) está errada?
Não é necessário garantir a empresas que se queiram implantar em S. Domingos por exemplo condições para escoar os produtos?
Deve-se despedir o excedente da administração pública todos eles contratados antes do congelamento de admissões na AP?
É preferível neste momento uma política eleitoralista que feche os olhos à realidade mundial?
Uma última questão: numa conjuntura económica que combina arrefecimento económico (aperto no crédito, diminuição do investimento e da criação de emprego, redução do crescimento económico, etc.) com aumento dos preços causado sobretudo pela contínua elevação do preço dos combustíveis (que se repercute sobre toda a economia) e de algumas matérias-primas e alimentos baixar o IVA é sinal do quê?

MS - Mnininha d'Soncente disse...

Bem...acho que vou é deveolver-lhe as perguntas...Focou S.Domingos: A Circular não resolve isso? Inaugurada faz algum tempo é ver a quantidade de viaturas que passam por aí!!!!! Em todo o caso acha que com esta taxa combinada com o aumento dos combustívies, como é que ficam os preços dos transportes?! como fica a competitividades entre as localidades? os preços dos bens?
Devolvo-lhe mais uma pergunta pq temos de sustentar uma AP aglomerada de pessoas que nao fazem nada. Qto custa manter pessoas que para além de não fazerem nada ainda gastam o dinheiro público?!?!?
Acha que esta medida do governo é uma forma de abrir os olhos para a realidade mundial?!?!? Acha que tornar eficiente os serviços, dar melhor uso às receitas de imposto, estabelecer prioridades são medidas eleitoralistas?!?!?
Sobre o baixar o IVA..não sei... Vamos baixar o IVA em CV?? não li nada sobre isso.

MS - Mnininha d'Soncente disse...

Ahh ok baixar o imposto (IVA) sobre os combustíveis?! ahahahha é de gozar com os cristãos. Baixar o IVA é que é uma medida eleitoralista!! Vai baixar em qtos pontos percentuais?? Porque vai baixar o IVA e meter uma taxa fixa mas sujeita a alterações!? (no fundo..variável).
Se esta taxa entrar em vigor, na gasolina, com o IVA actual, 50% do que pagamos vai para os cofres do Estado!!!

MM disse...

Olá, olá. Vinha eu à procura de respostas e levo com uma devolução!! Calma. Compreendo a devolução… e aceito o desfio. Gosto do debate, tenho a absoluta convicção que é da troca de ideias que surgem as ideias! Por isso com a devida vénia aos especialistas da matéria (que não sou) tentarei responder com base em senso comum, experiência de vida e informação recolhida a este propósito desde há algum tempo – não é por acaso que o Sanpadjud tem como assuntos favoritos as mudanças climáticas e as energias renováveis.
A resposta é longa por isso estará em post no Con(ou sem)tigo esta noite (minha hora normal de blogar) ou amanhã à noite - teste decisivo do filhote amanhã e dossier inadiável para acabar!