segunda-feira, 30 de junho de 2008

Oh yes...!

I feel good!!!
Whooooau! I feel good,

I knew that I would, now

I feel good, I knew that I would now

So good, so good, I got you


Whoa! I feel nice, like sugar and spice

I feel nice, like sugar and spice

So good, so nice, I got you! tam, tam,tam...
Ps: em plena segunda-feira, acabadinha de chegar ao trabalho...ainda não vi nenhum e-mail, nem li nenhuma novidade...esperemos que o dia continue assim!!!!

sexta-feira, 27 de junho de 2008

It's a Joke... right??


O novo slogan da TACV: "50 anos a transportar sonhos;... de facto o ouro é nosso"
É para chorar ou é para rir?

"Eta" Sexta-feira danadinha....

Esta sexta amanheceu danadinha...se não vejamos:
  • Aumento dos combustíveis e do preço da electricidade e água (pena que a Electra não vai ganhar muito com isso na Praia com os sucessivos apagões) - Sobre isto já ouvi muita coisa entre os quais destaco as que me ficaram: vingança do governo por não ter sido aprovada a mexida no ICE pelo parlamento (quem disse isso vive na lua ou então anda na pica) e o líder da bancada do MPD a dizer que o Governo devia avisar que os preços iam aumentar (desde quando é que se faz isso? este também andou pelos lados da lua). Na minha modesta opinião, nesta conjuntura, os preços deviam ser revistos mais vezes. Entendo que seja uma questão política evitar a palavra "aumento" mas para o consumidor o que importa é o que lhe sai do bolso. Para um partido é diferente dizer: "este ano só tivemos apenas 2 aumentos", independentemente dos valores envolvidos. Para o consumidor a conta é (ou devia ser) outra...este ano aumentaram X$... opções...
  • Remodelação Governamental - (não vou comentar o elenco) Estes jornalistas e políticos continuam a mexer com meus nervos...mas porque raio têm de enfatizar que as mulheres agora são a maioria no Governo? Estão lá pelas pernocas (para não subir um pouco mais acima e ser ordinária a ponto de mais tarde ter de me justificar que são as hormonas) ou estão pela competência?!?!?! Em pleno Sec. XXI e contínuamos com essas esquisitices...
  • Deputados de G8 num PDM - O jornal "Asemana" na coluna Radar, encontrou esta definição para as "manias" de alguns deputados em querem Audi!! A ser verdade... é um descaramento!!!!É dar-lhes com "Starletes" e já tá de bom tamanho!!! Agora pagar 14 cts/mês por cada viatura...e depois têm a cara de lata de vir ao público falar de "despesismo"...pimenta nos olhos dos outros é refresco!!!

quarta-feira, 25 de junho de 2008

Estou grávida e é o "must"(?)

Sempre achei que vendem sonhos às mulheres. Existe uma máquina poderosa de marketing por detrás da vida das mulheres que faz com que acreditemos (algumas) que determinados acontecimentos nas nossas vidas são o “must”!
Para sermos mulheres não basta sermos boas estudantes, boas profissionais, boas na cama, boa na conversa e ser BOA! Para nos considerarem REALMENTE mulheres temos de dar mais uma prova…a de ser mãe. E são as próprias mulheres, não contentes com as BOAS que os homens querem que sejamos, que impõe isso!!!!!
Estou a descobrir que afinal temos um único objectivo: Parir!
Eu sei que ando insuportável… nunca a desculpa das hormonas caiu tão bem, tenho-as aos saltos, cambalhotas, de cabeça para baixo e me dão nos nervos…sei também que ando impaciente com tudo e com todos mas caramba haja paciência…
Ok, é oficial que estou grávida (vi aquela coisinha que até coração já tem) (já dei mulher no entendimento de uns mentecaptas). É um bebé esperado e que vai ser amado (já está a ser). Mas…como eu já suspeitava…isso de gravidez não é pêra doce!!! O meu estômago já esteve um 8, agora nem sei aonde anda…talvez entre o esófago e a sanita lá de casa (minha nova amiga). Não sei o que é dormir uma noite inteira, nem comer uma refeição sem sentir nada. Cheiros então…parece-me a mim que meu sistema de detecção de cheiro já passou o dos cães lá de casa. Canso-me com pouca coisa. Enfim…Mas, pior que isso tudo é fingir normalidade para não ouvir coisinhas do tipo” ah eu na minha gravidez não senti nada”, “deixa-te de disparates”, “tas tão queixinha”, “que cara mais maldisposta”.

Helloooooooo, descobri que, infelizmente, faço parte das mulheres grávidas (70 - 80% - olha só como somos a maioria!!!!) que sentem estes males! E não preciso que me façam sentir uma “incompetente” neste campo por sentir-me maldisposta, com cara de enjoada. Sei que, passada esta etapa, vou finalmente desfrutar melhor do meu estado. Mas agora dêem licença para eu sentir tudo o que aquele ser de 2 cm me está a fazer sentir?!?! Posso? Prometem que não fazem aquela cara nº 33 ou 45? Obrigada!!
Um conselho de borla porque hoje não estou assim tãoooo maldisposta: Caso tenham alguma amiga, conhecida que esteja grávida, pela vossa rica alminha, não cheguem dando palpites sobre tudo e sobre nada sem ela pedir, nem armem-se em xicas-espertas como quem já tirou um doutoramento só porque já esteve grávida. Informações é coisa que não falta na net, livros e os médicos existem para isso.

quarta-feira, 18 de junho de 2008

Orientação Política - Direita ou Esquerda??

Ao ler o post do Tide:"sou da Esquerda" e antes a afirmação MM assumindo-se como sendo da Esquerda, comecei a pensar qual seria a minha orientação política.
Confesso que depois de ler, no mesmo post o comentário de uma Catarina que contava que a sua avó uma vez lhe disse: "jovem que não é de esquerda não tem coração, adulto que não é de direita não tem juízo"... e que ela (a Catarina) acredita que, "que as duas mãos juntas, utopicamente, conseguiriam empurrar o mundo muito melhor..." Pensei com os meus botões, ok MS mais uma vez ficas no meio nem um lado nem o outro...sinto que há matérias que vou para um lado e outras vou para o outro.
E, se é que existem coincidências, estava eu a surfar na net, encontrei duas páginas aonde é possível fazer-se um teste para se saber qual a orientação política das pessoas, mediante respostas à determinadas matérias...
Nem preciso dizer que eu fiz os testes:
  • Um deu-me como estando na Centro -Direita Liberal (Não creio no Estado como Gestor da Economia e recuso restrições à liberdade Individual). Para fazer este clique Aqui!
  • No outro, (olha eu lá no pontinho azul) não se afastando do 1º resultado aponta-me como CENTRISTA (Os centristas costumam evitar tomar decisões políticas baseadas em princípios políticos radicais. Costumam ser vistos como pragmáticos, no sentido de que defendem leis e instituições sobretudo por seus efeitos diretos, sem necessitar de uma teoria política consistente. Em diferentes momentos políticos, as pessoas de centro podem se associar com pessoas de outras partes do espectro político para promover seus objetivos.) Caso queira fazer este...clique Aqui!

Não foi novidade para mim, mas acho que terei mais convicção em dizer que pertenco ao centro. Não dizem que no meio é que está a virtude? ihihihihih

Por lá...

Na China, Irão, Egitpo são países cujos os bloggers podem ser presos por emitirem opiniões nos seus blogs. Segundo um relatório desde 2003 que este número vem aumentando atingindo o número de 64 bloggers presos (2003-2007).
Os temas corrupção governamental, abusos dos direitos humanos, supressão de manifestações ou críticas políticas motivaram a medida de prisão aos "prevaricadores". O tempo de prisão é em média 15 meses, mas um blogger foi condenado a 8 anos de prisão!!
Mas pasmem-se, houve casos semelhantes no Reino Unido, França, Canadá e EUA
Podem ler a notícia aqui (BBC-Inglês- Original) ou aqui (Sol - em português)

Ai se isto acontecesse por aqui ... náaaaa...nem dá para imaginar! Melhor, nem quero imaginar!

quinta-feira, 12 de junho de 2008

É por isso e por outras....

...que acho que os sindicatos da nossa terra não valem a ponta de um corno!!!!
Não estou maluca nem andei a beber, talvez por ter as hormonas aos saltos (as mulheres sempre podem ter estas desculpas ihihihih) ultimamente algumas coisas tem-me feito saltar a tampa!!
Li no jornal liberal a notícia de que FECAP defende a demissão da Ministra de Educação. Deixo um extracto da notícia:"Diz João Pedro Cardoso que os responsáveis pela Educação têm violado leis, dando oportunidades e progressões aos docentes pela média em detrimento do tempo de serviço exigido por lei, o que faz que um professor com média alta e apenas 3 ou 4 anos de serviço seja contemplado, deixando outros com 8 a 9 anos de carreira sem oportunidade de progressão."
Será que ando muito rabujenta ou é estúpido isso!??!?! O sindicato está a defender que a antiguidade, em detrimento da avaliação/competência, deve ser premiada?!??!
Ok. Estão a violar as leis, mas porque o sindicato não faz com que esta situação seja regularizada? Porque não propõe o meio termo, tipo 1º mérito, depois antiguidade como requisitos para as progressões? Porque os sindicatos não fazem o trabalho de casa antes de darem a cara na comunicação social? Parece-me que acontece uma coisa e pimba...toca a falar o que lhes vai na mente...sem dor nem piedade de quem os ouve!
A impressão que dá que os sindicatos nesta terra andam é a brincar às casinhas e soldadinhos...numa semana 2 sindicatos dão mancadas destas!!!

Pelo Direito de continuar os estudos...

Continuando com o ECO de vários blogues sobre a medida de suspensão das alunas grávidas das escolas... Está a circular uma petição online para acabar com esta medida. Se quiserem assinar, cliquem aqui. Já assinei, porém convinha lembrar que acabar com a medida não chega há que criar as condições legais, estruturais e sociais para acabar com a descriminação de grávidas adolescentes nas escolas.

Com o "Con(ou sem)tigo"- Resposta.

Para os leitores que só agora apanham o comboio eu e a MM do blog "Con(ou sem)tigo" temos estados a trocar desafios (debatezinhos) desde do meu post "...Praia". Uma vez que os comentários são sempre enormes, optámos por fazê-los em jeito de post. Aqui vai o meu :
«Olá MM, li com muito interesse o post: Cabo-Verde/resposta. Gostei. Também adoro desafios e mais uma vez, talvez pela minha natureza curiosa (sou gémeos), algumas das minhas respostas vão ser mais perguntas devolvidas. Estarão organizadas de acordo com os pontos que destacou. Serão também telegráficas e baseadas em minha opinião que não é de especialista (parecemos 2 advogadas a precaverem de um eventual processo). Ahahah talvez seja o caso de combinarmos um chá!!

Questão prévia: A ideia da Portagem tem por base o princípio de utilizador/pagador, a taxa qto a mim não tem por base este principio. Não é por utilizar mais gasolina que ando mais ou utilizo mais a estrada, é , também, por o meu carro ser um pouco mais “bêbado” que o do vizinho, ou por andar em estradas congestionadas com o pára-arranca ou ter de subrir ribeiras etc etc. Qto a mim estou de acordo com a tua (desculpa a intimidade) visão sobre a conservação da coisa pública. Mas não achas que o imposto de circulação foi criado para fazer face a isso tudo mas que no fundo (qto a mim) NUNCA foi utilizado para isso?

Mobilidade e empregabilidade: concordo, mais uma vez, com a tua visão sobre a mobilidade e empregabilidade, e mais, acredito que cada vez mais estamos a voltar para o tempo em que a aposta era na Agricultura. Acredito que a vida dá voltas…

Sabes o que falta em CV e não é só no Sector Público?? Planeamento…visão um pouco mais adiante que o nosso nariz. Dou um exemplo muito simples. Quando vejo casarões que estão a construir e por famílias pequenas (tipo 3 / 4 pessoas) com arrebiques e triliques, a 1ª coisa que me vem à cabeça é: "As pessoas pensaram no custo que a manutenção da casa ?" A maior parte só pensa em construir e não pensa nos custos associados à manutenção. Quem fala de casa, fala de carros, fala de estradas. Há um deficit de visão a longo prazo. O problema que temos em CV é que esperamos as coisas estragarem para depois as consertarmos o que acarreta mais custos. A Circular da Praia já precisa de alguma manutenção, uns raids já foram arrancados, os escoamentos estão cheios de terra…e eu pergunto o que o Instituto de estrada tem estado a fazer? Verbas?!!??!Como é que no Orçamento do MIT não contemple verbas para isso!??!?
Está a espera que fique pior?

Excedente na Administração Pública – Qto a isso acho que não tenho mais nada a acrescentar, para além do facto de te pedir que se souberes a resposta...partilha-a comigo!!!
Política eleitoralista e aumento do IVA – Antes de mais, qualquer medida que afecte a classe média acaba por afectar a classe mais pobre, porque sendo a classe média a detentora dos meios de produção, repassam os custos sempre que podem. Quase nunca ficam a perder. Não achas que a taxa vai ser repassada aos mais pobres? O preço do transporte aumenta, aumentam os produtos e quem sofrerá mais? A Classe mais pobre. Os passes sociais podem até serem regulados…pode a ARE não concordar com um aumento do preços dos transportes de pessoas mas as elas pagarão através dos bens que vão consumir e que terão esta taxa indexada, pois infelizmente para se levar as mercadorias precisamos de transportes e há que contar com aqueles aumentos para láaa do “razoável”. No entanto, eu acho que a classe média já anda farta de tantos impostos. Um exemplo? O IUR...um autêncio assalto. Muitas vezes essa classe média recorre a empréstimos para pagar o dito imposto.

Na gasolina, como disse, e afirmo outra vez, o que vai para o bolso do estado ronda os 50% se incluirmos a taxa. Isso calculado de forma muito simples: Com o preço fixado pela ARE, a que se junta o IVA e a taxa. Em que o preço fixado pela ARE já leva em consideração o preço do Barril, estruturas de custo das empresas. Como deve saber a Tx do IVA é de 15% mas em relação aos combustíveis esta taxa recai sobre uma outra taxa aplicada ao valor da factura. E no caso da Gasolina, se não estou em erro, é de 300%. (no entanto se alguém pegar numa factura de gasolina é só fazer as contas e confirmar ou então consultar o BO aonde se fixam estas taxas.)
O governo não vai prescindir das receitas fiscais, os pontos percentuais que vão diminuir no IVA serão “compensados” com o aumento dos preços dos combustíveis que brevemente terão de subir aqui em CV (sem falar na Taxa).


A jeito de remate… sei que diariamente se fazem autênticos milagres por cá, mas acredito que é possível fazer muito mais (sou assim, feitio péssimo...desde pequenina...) Vejo tanto desperdício e irresponsabilidades de titulares de cargos públicos que eu desato a disparar. E outra coisa que concordo contigo é a “comunicação” do governo...às vezes falha...outras vezes sinto que nos passam autênticos atestados de ignorantes!»

Até a próxima!

quarta-feira, 11 de junho de 2008

Já temos Livros de Reclamação (?)

Saiu no B.O de 9 Junho a obrigatoriedade de, nos estabelecimentos de fornecimentos de bens ou prestação de serviço, existir um livro de reclamações (entra em vigor a partir do dia 07 de Outubro deste ano). A notícia é avançada pelo Expresso das Ilhas e confesso que estou mortinha de curiosidade para ler o referido diploma. Já aqui tinha falado sobre a importância das reclamações na melhoria dos serviços... Espero que não seja apenas mais uma intenção que vai direitinha para o inferno e/ou um "copy/paste" da legislação portuguesa sem as necessárias adaptações fazendo com que seja inexequível aqui em CV, como tantos diplomas que temos por cá!!!

A ver vamos...voltarei ao assunto quando tiver lido o dito.

Gravidez na adolescência (causas?)

As causas da gravidez precoce têm sido dissecadas faz muuuuuito tempo. No “meu tempo” (já pareço uma velha a falar) dizia-se que era, essencialmente, falta de informação. Reconheço que desde daí informação é coisa que não tem faltado. É vê-la aí nas novelas (vistas por todas as camadas sociais), nas séries juvenis, rádio, escolas, na net, etc. Mas continua-se com uma taxa considerada elevada, porquê? Ráaaaa quem nunca foi jovem e irresponsável que levante a mão!!!!
Porque na “aborrescência” somos donos da verdade e sempre achamos que coisas destas só acontecem aos outros!!!! (apesar que mesmo quando adultos muitos continuam com este pensamento).
Porque na “aborrescência” o que queremos é experimentar, correr riscos.
Porque, apesar de termos PMI espalhados e centros de saúde preparados para receberem os jovens e dota-los de meios de prevenção, são as pessoas que lá trabalham as primeiras a “denunciarem” aos pais que os filhos frequentam o centro… e estes ao invés de se aproximarem dos filhos e tentarem “escuta-los” a maior parte recrimina. Eu mesma fui exemplo disso, na época confrontei minha mãe e perguntei-lhe o que era melhor uma gravidez ou dizerem que a filha foi vista no PMI, a resposta foi um excelente tabefe! E olhem que eu fui mesmo só por desafio porque já sabia que minha mãe ia ser informada (coisas de adolescente birrenta).
E por tantas outras causas apontadas pelo Paulino.
Actualmente, como disse no post anterior as baterias tem de ser direccionadas para o adolescente. Já há um trabalho de fora para dentro (disponibilização de informação e meios de a obter) agora que se faça um trabalho ao contrário que é partir dos jovens para o seu meio.

Gravidez na adolescência (O caso)

Confesso que este assunto já me tinha ocorrido antes de ler o Post no Soncent e no do Paulino... pelo que farei um eco aqui no Retalhos.
Dei de caras com este “problema” numa deslocação que fiz ao PMI-PF da Fazenda, onde perdida fui dar de caras com um gabinete de “atendimento específico” e bati com as fuças numa miúda, que me pareceu ter não mais que 15 anos e já com uma barriga proeminente. Confesso que fiquei chocada (tão novita) e mais ainda quando ouço a forma “rude” como uma servente lhe dirige a palavra. Eu fiquei ali a pensar o que poderia estar a passar na cabeça daquela adolescente. A adolescência por si só é uma fase da vida muito complicada, com as hormonas aos saltos e tentativas de afirmação, se adicionarmos então uma gravidez, que em qualquer altura da vida é outra explosão de guerras hormonais, com o corpo a transformar e a cabecinha a mil, deve ser algo surreal. E como não bastasse a sociedade ainda dá mais uma ajudinha preciosa com a recriminação, descriminação e outros “çãos” que não me ocorrem agora. Quanto a mim há que encarar os factos. Por mais que se informe, vai haver sempre gravidez precoce. Vale a pena investir, também, no fortalecimento do carácter e auto-estima dos jovens (tarefa dos pais) e criar um quadro jurídico que proteja as mães adolescentes (governo). Neste âmbito salvaguardar os direitos da mãe em estudar, ter possibilidade de exames em épocas especiais e um período de licença de maternidade (excluindo assim a possibilidade de perder o ano por faltas). Sim direitos!!! Não é porque uma adolescente engravidou que ela perde seus direitos (sem falar que para o pai é como se este problema nem existisse - mais uma vez a mulher a arcar com todas as consequências!!).
Escorraçar da escola é a pior emenda que se pode fazer. Num país que se combate a evasão escolar é no mínimo uma medida contraditória. Dizer que se protegem as outras “crianças”, penso que é afasta-las da realidade e isso nunca é bom. É tirar à jovem mãe que já perdeu muito, uma ferramenta fulcral para que possa futuramente ter condições de criar seu filho (um ano escolar é muito!!) é fazer com que a jovem mãe para além de arcar com os mil e um problemas que a gravidez traz tenha de sofrer ainda mais pressão e descriminação com todos as consequências que advêm disso. É fazer com que a mãe e a criança corram riscos, pois com medo de ser escorraçada da escola, ela pode esconder a gravidez e fazer com que a assistência pré-natal não seja efectuada...(sem falar da possibilidade de recorrem a métodos esdrúxulos para abortarem).
No mínimo (dos mínimos) podiam deixar à jovem mãe a possibilidade de escolha…de seguir ou não com os estudos.

terça-feira, 10 de junho de 2008

segunda-feira, 9 de junho de 2008

...Praia

Regresso e o que tenho como boas vindas...uma taxa (?) de 7$ por litro de combustível...(para além do imposto de circulação) declarações menos sensatas de alguns políticos, teimosia de outros, jornais que são tudo menos jornal e muito menos isentos (se é que temos algum isento)...enfim.
Sobre a dita taxa já se falou muito, já se esperneou e eu só tenho duas coisas a dizer ao meu Primeiro Ministro, em jeito de resposta à pergunta dele "Como é que vamos construir estradas sem termos financiamento?"
1-Não faça!!!! Cuida dos que já temos primeiro...Como?!?!
  • Dê melhor destino aos impostos absurdos que pagamos (Até agora tenho atravessado na garganta o IUR que as Finanças disseram que tenho de pagar. F#$%#$%, metade do tempo que trabalho é destinado aos parasitas do sector público!!!!) e torna a máquina estatal mais funcional!!! Como disse alguém temos impostos do 1º Mundo e serviços do 3º!!!!

  • Ponha a fiscalização com o rabo na rua e faça cumprir a Lei que vocês adoram arrotar nos poucos momentos "sérios" dentro da Assembleia!! Com certeza que aqui vocês terão alguns tostões!!

  • Cumpram com os orçamentos e não façam orçamentos despesistas e com receitas virtuais

  • Dêem o exemplo e parem de gastar à toa o rico dinheirinho suado dos contribuintes com viagens/visitinhas aonde só faltam levar os cães e a passarada toda, e fins-de-semana com os carros do estado (chapas amarelas é o que não falta nas horas fora de expediente e agora com o preço do combustível nas alturas olha a poupança...)
2- No caso de querer construir a Via rápida para o Tarrafal....Queres que todo os contribuintes de CV paguem essa via rápida !?! ORA TENHA Dó!!!! Se queres dar teu "Best" com uma via rápida...vai à esquina e vê se consegues financiamento...depois coloca portagem: quem quiser usar...paga!!! e use este conceito para as outras vias rápidas...para quê tentar inventar a roda se ela foi inventada faz tempo?!??!?


Peço desculpa pelo desabafo e pela linguagem...mas num momento em que falam de crise alimentar, crise energética, eu tenho um PM que está preocupado com construções de novas e melhores estradas para os animais dos motoristas "profissionais" ceifarem mais vidas. E, continuando, no meio desta crise toda, num jeito muito caridoso para com os cabo-verdianos e amenizando o esforço dos contribuintes , o meu querido PM "casca" uma taxa rodoviária. Não sei quem teve esta "brilhante" ideia...Só espero que a oposição não deixe isso cair no esquecimento e que nós cidadãos façamos alguma coisa.

Paris...

Continuando....
Tomei um banho de arte no Louvre e pude constatar que a Mona Lisa é mais pequenininha do que eu imaginava. É fácil encontrar o quadro...a dica consiste em seguir os chineses e suas implacáveis máquinas de fotografar. Louvre é um mundo...para quem gosta de arte, o melhor é tirar um mês para visitar todas as galerias. O Tour Eiffel foi outra desilusão minha...eu com a mania das grandezas achei-o pequenino. Não sei porque, mas nas minhas fantasias, imaginava-o tão alto que seria possível avista-lo em todos os pontos da cidade...mas não... Mas mesmo assim é uma construção que impressiona. De hora a hora (à noite) toda a torre é percorrida com luzes tipo flashes o que lhe dá um aspecto espectacular (eu que já tinha pensado que o efeito era provocado pelas flashes dos chineses) (Acho que estou a embirrar-me com os chineses). Não subi à torre...a fila era muita. A única fila que enfrentei foi a do Molin Rouge e deixe-me que vos diga...valeu a pena cada segundo de espera (mesmo contando a parte em que estive sentada na escada à espera que abrissem a porta). Surpresa atrás de surpresa, artistas maravilhosos que me puseram numa triste figura de boca aberta de espanto, a rir que nem uma perdida, com olhos esbugalhados enfim...oh figurinha, ainda bem que o ambiente estava em meia-luz!!!
Outra coisa que me deixou maravilhada foi um jantar num cruzeiro ao rio Sena ...maravilha!! Sublime, lindo...ver Paris a se preparar para a noite, os monumentos a se vestirem de luzes, os casais à beira do rio degustando vinho...!!
A catedral de Notre Damme não foi possível entrar (fila mais uma vez) mas a Basílica do Sacre Coeur valeu...catedral linda num local igualmente lindo (Montmartre).

Os restaurantes...estive desde do Mac Donald ao Le Divellec. Ou seja saí dos talheres de plásticos para talheres de prata...Em Paris come-se bem...mas há que saber escolher os restaurantes e nada melhor que seguir o Guia Michelin e preparar o bolso para pagar...mas como digo vale cada centavo (neste caso cêntimo) gasto, come-se tão bem tanto com os olhos como com a boca...vale a pena cometer o pecado da gula... e ah...champanhe em qualquer ociasião é sempre bem-vindo!!! Ah e no último dia....fui ao Parque Disneyland!!!! Um mundo encantado com lojinhas encantadoras de lembranças que fazem perder a cabeça à míudos e graúdos. Aí perdi-me no labirinto do mundo da Alice onde vi um grande plano do Gato Esteves, tive um encontro imediato com a Branca de Neve e depois regressei para fazer as malas e despedir-me de Paris...No regresso a TACV brindou-me com o atraso do costume...tipo "wellcome to the real world"!!! E cheguei à Praia!!!

Paris/Praia...

Paris / Praia...duas cidades que começam com P, com cidadãos na sua maioria mulatos, brancos e pretos e chineses...seus nomes apenas diferem numa letra... o "S" mas esse "S" é Tudo... é Mais... é de Super, Soberbo e de Sandice da minha parte em querer comparar Paris com Praia... Mas quando vejo uma cidade construída há muitos séculos atrás, com ruas largas, espaços verdes a dar com o pau, rede de transporte tão bem organizada (eu que nunca tinha estado em Paris consegui ir a todos os sítios sem problema) não resisto a pensar porque é tão difícil fazer um pouco mais agora que dispomos de ferramentas de planeamento dito mais eficazes???!?! E a cidade é ENORME. Praia, tão pequenina, tão jovem, sem espaços verdes, ruas num caos, e uma rede de transporte que valha-me Nossa Srª do Socorro!!!!
Mas, nem tudo é ouro....simmmm também em Paris demoram a trazer a conta em alguns restaurantes!!! Eu sei...sandices minhas essas comparações. Por isso deixei Praia de lado e aproveitei Paris.

PS: para que o Post não ficasse muito extenso, optei por dividir...

Voltei...


O que é bom acaba depressa e o que é muiiiiiito bom acaba rapidíssimo!! Estou de volta das minhas férias e estou neste momento a actualizar-me. Tenho imensos e-mails para terminar de ler e ando a dar "topadas" em novidades.

As minhas férias foram passadas na chiquetérrima Paris e confesso que, apesar de ter estado doente e um pouco incomodada...acabei por amar Paris...e principalmente à noite. As comparações foram inevitáveis...bem....acho que isso é assunto para próximos post. Só vim aqui para dar um alô e dizer que tou de volta e que já sei que morreram de saudades minhas e que já contavam os dias para terem novidades aqui no blog!! Certo?!?!?! hummm... lindos meninos!