sexta-feira, 9 de maio de 2008

Ao meu amigo...

Ao meu amigo que depois de vários desencontros, nossas karmas num bar se cruzaram e permanecem juntas até agora;
Ao meu amigo que, vendo lágrimas escorrendo no meu rosto, limpou-as com um sorriso e estampou-o nos meus olhos;
Ao meu amigo que, nos momentos em que tempestades me fustigavam, mostrou-me o sol por detrás das negras nuvens das minhas dúvidas;
Ao meu amigo que me cobra por não ligar, que me acusa de não querer saber dele....
Mas sabes meu amigo... o grande Leonardo da Vinci disse um dia "Para estar junto não é preciso estar perto, e sim do lado de dentro". E estou do lado de dentro, torcendo para que a tempestade que se formou à tua volta se torne num dia lindo de sol...

Sem comentários: