quarta-feira, 30 de maio de 2007

Praia...

... " a cidade que nos une" (mais um daqueles slogans do presidente da CMP)...alguns dizem que morro de amores por aquela cidade...a verdade é que estive lá mais uma vez e...
Sim!! visitei a praça do Papa...ou melhor levaram-me até lá. Querem saber o que se descobriu?
Que a escada tem 102 degraus, o chão possui 57,5 cruzes (uma cruz está cortada ao meio), tem um circuito de manutenção que, a julgar pelas dores de "alguém" no antebraço, funciona e o parque infantil é giro, com pavimento para amortecer futuras e certeiras quedas... até aqui tudo bem...vamos aos defeitos??? (ouvi um sim?) ok! o parque de estacionamento andou a fazer dieta de tanto apertadinho que é, se se estacionar na primeira faixa o condutor é obrigado a descer dentro do canteiro; os pais têm de ter muiiiiiiiiito cuidado para não deixarem os filhos à vontade na dita praça porque afinal ela está situada num monte...ou seja..um descuido e os filhos podem ser descobertos a fazerem rappel pela encosta abaixo até Quebra-canela;
Mas meus amigos a concorrer para o Óscar de maior "aberração"- e que me deixou parvificada-, é o conceito da praça que foi desvirtuado (segundo diz quem acompanhou o projecto)... A dita tinha como destino, ser um lugar de peregrinação, de oração...ou seja um lugar sagrado (embora discorde do "sagrado"...). MAS...ERA, passado...apesar da arquitectura ter levado isso em consideração o resto ficou "destoado"... a não ser que consideram "normal" estar um grupo de pessoas de calções a fazer exercícios (para não ser extremista e dizer umas gajas com vestuário em miniatura), um conjunto de pestinhas no parque infantil e um rebanho de beatas a fazerem as suas orações acendendo velinhas...um cenário de ir às lágrimas de tão tocante que é!
Só para acrescentar...neste sítio que se pretendia sagrado encontramos um grupo a fazer um piquenique com o que parecia ser bebidas alcoólicas...as pessoas a ajudarem à elevar a praça do Papa à dignidade do santuário de Fátima (agora fui mázinha!!!)

Ps1: Adorei a placa que o presidente da CMP mandou colocar ...dizia qualquer coisa assim "Praça do Papa(...) construída no mandato do Felisberto Alves Vieira"...já imaginaram se o Jacinto reivindica e manda colocar outra a dizer: "projecto aprovado no mandato do Jacinto Santos"...era giro, era!

Ps2: Conhecem o ditado que diz " se todos os gostos fossem iguais, que seria do amarelo?" Quem o inventou não conhecia Praia, ou então o seu presidente...mais palavras para quê?

Sem comentários: